2
2

“Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre. Não vos deixeis envolver por doutrinas várias e estranhas, porquanto o que vale é estar o coração confirmado com graça.” (Hebreus 13:8,9).

Bom dia!

Nem sempre sabemos dizer como aconteceu, porém, repentinamente, os cabelos começam a embranquecer, as forças e a disposição diminuem e descobrimos que precisamos de óculos. No começo, era capaz de passar a manhã inteira em um treinamento exaustivo, sair para o patrulhamento à tarde, ter um segundo momento de treinamento à noite, muitas vezes no dojô e, de madrugada, acordar os colegas para jogar futebol.

Estamos acostumados com mudanças e variações. No Brasil, a amplitude térmica pode chegar a vinte graus. O dia pode começar com a temperatura em quinze graus e chegar, em poucas horas, a trinta e oito. Frio, calor e chuva podem ocorrer em um espaço de vinte e quatro horas. As estações mudam, a lua muda, percebemos as mudanças na natureza, percebemos as mudanças em nós, nos outros e no mundo.

No século XIX, surgiu um conjunto de estudos e teorias que afirmam que tudo muda, tudo evolui. Seu impacto foi tão forte no pensamento humano que atingiu a interpretação bíblica. Alguns chegam a defender o fim dos dogmas, surgiu a teologia hermenêutica: “O teólogo hoje é mais cauteloso por saber que suas posições não têm a firmeza e segurança que antes se imaginava possuir.” (LIBÂNIO E MURAD, 2010).

Nesse cenário de mudanças, tratados, doutrinas e dogmas são desafiados com a proposta de um novo paradigma no qual a verdade foi substituída por verdades. Nessa profusão de ideias e mensagens, corremos o risco de perder o referencial, de perder a identidade. O mais surpreende é que esse não é um fato novo. Ao escrever sua carta aos Hebreus, o autor os advertiu: “Não vos deixeis envolver por doutrinas várias e estranhas.” (Hebreus 13:9a).

Ao escrever para seus discípulos Timóteo e Tito, Paulo instruiu-lhes a não se ocuparem: “Com fábulas e genealogias sem fim, que, antes, promovem discussões do que o serviço de Deus, na fé.” (1 Timóteo 1:4). “Rejeita as fábulas profanas e de velhas caducas. Exercita-te, pessoalmente, na piedade.” (1 Timóteo 4:7). “Não se ocupem com fábulas judaicas, nem com mandamentos de homens desviados da verdade.” (Tito 1:14).

“Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre.” O tempo, as mudanças, a evolução do conhecimento humano e, principalmente, o governo do pecado sobre o homem, o impulsionam a moldar uma identidade de Cristo à sua própria imagem pecaminosa. Em vez de refletir a imagem de Cristo, o conformamos à nossa imagem. A verdade, porém, é que Ele não muda, Jesus Cristo é o mesmo ontem, hoje e sempre.

Nosso corpo se corrompe e muda a cada dia, a natureza muda, as estações mudam, o conhecimento muda, o mundo muda, porém, isso não determina nenhuma mudança em Cristo, nem em sua Palavra: “Passará o céu e a terra, porém as minhas palavras não passarão. Acautelai-vos por vós mesmos, para que nunca vos suceda que o vosso coração fique sobrecarregado com as consequências da orgia, da embriaguez e das preocupações deste mundo, e para que aquele dia não venha sobre vós repentinamente, como um laço.” (Lucas 21:33,34).

Surpreendentemente, mesmo em meio a tanto sofrimento e assolações, algumas pessoas insistem em ignorar os sinais dos tempos, viver de modo inconsequente e expor os outros às suas irresponsabilidades.

“Jesus Cristo, ontem e hoje, é o mesmo e o será para sempre.” Ao advertir seus discípulos sobre o fim da história e os exortar à vigilância, Jesus disse-lhes: “O que, porém, vos digo, digo a todos: vigiai!” (Marcos 13:37).

______
REFERÊNCIA

LIBÂNIO, J.B.; MURAD, Afonso. Introdução à Teologia: perfil, enfoques, tarefas. São Paulo: Edições Loyola, 201

Cel. Cícero Nunes

Cel. Cícero Nunes

Professor Estudo Bíblico

Cícero Nunes Moreira é casado com Cibele Mattiello da Rocha Moreira. Ordenado ao ministério sacerdotal há vinte e cinco anos, autor e Pastor na Igreja Evangélica Vida com com Cristo e capelão voluntário na Policia Militar de Minas Gerais com atuação, principalmente na Academia de Policia Militar e no Hospital da Policia Militar. Mestre em Ciências da Religião pela PUC Minas e Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva. Autor do Livro Religião e Direitos Humanos na Policia Militar e Segue-me! Conectando-se ao Evangelho de Lucas.

Você também pode gostar…