2
2

TUDO PELA PAZ

“E, sabendo ele o que se lhes passava pelo espírito, disse-lhes: Todo reino dividido contra si mesmo ficará deserto, e casa sobre casa cairá.” (Lucas 11:17).

Bom dia!

Este é um princípio que todo estrategista militar conhece e Satanás utiliza o tempo todo: “Dividir para conquistar!” Quando alguns dentre aqueles que testemunharam a libertação do endemoniado o acusaram de expulsar demônios pelo maioral dos demônios, Jesus lhes mostrou a inconsistência de seu argumento, pois todo reino dividido contra si ficará deserto.

No texto paralelo a esse, registrado por Mateus, Ele diz que o reino dividido, a cidade dividida, a casa dividida não subsistirão. Não importa em que nível ocorra a divisão, seus efeitos são sempre os mesmos: ela enfraquece, vulnerabiliza e conduz ao fracasso.

Experiente em guerras, Satanás, nosso adversário, provoca divisões desde os primeiros momentos da Igreja. Ao perceber a semente maligna em Corinto, Paulo os exortou à unidade: ” Rogo-vos, irmãos, pelo nome de nosso Senhor Jesus Cristo, que faleis todos a mesma coisa e que não haja entre vós divisões; antes, sejais inteiramente unidos, na mesma disposição mental e no mesmo parecer. Pois a vosso respeito, meus irmãos, fui informado, pelos da casa de Cloe, de que há contendas entre vós.” (1 Coríntios 1:10,11).

Os discípulos de Jesus em Corinto haviam criado “partidos” no interior da Igreja: “Eu sou Paulino, eu sou “Apolino,” eu sou “Petrino,” o que exigiu a intervenção do Apóstolo dos gentios: “Acaso, Cristo está dividido? Foi Paulo crucificado em favor de vós ou fostes, porventura, batizados em nome de Paulo?” (1 Coríntios 1:13).

Vocês são de Deus, continuou Paulo, “em Cristo Jesus, o qual se nos tornou, da parte de Deus, sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção, para que, como está escrito: Aquele que se gloria, glorie-se no Senhor.” (1 Coríntios 1:30,31).

No conhecido Salmo 133, o salmista louva a unidade entre os irmãos: “Oh! Como é bom e agradável viverem unidos os irmãos!” E conclui por afirmar que Deus ordena a bênção e a vida onde encontra unidade.

Quando há contendas e disputas, todos perdem, todos sofrem. Nações têm sido assoladas pela divisão. Cidades, empresas e famílias são destruídas por ela. São comuns os relatos de famílias divididas e destruídas em razão da perda da liderança, morte do provedor, por exemplo, e disputa pela herança.

O Senhor não tem nenhuma alegria no individualismo, no egoísmo e na divisão. Por isso, na oração que Jesus nos ensinou, tudo é nosso, nada é meu: o Pai é nosso, o pão é nosso, o pecado é nosso e o perdão é nosso. Em sua luta pela unidade do povo americano, o reverendo Martin Luther King Jr disse: “Qualquer coisa que afete alguém diretamente, afeta a todos indiretamente. Eu nunca poderei ser o que deveria ser até que você seja o que deveria ser. É a estrutura interdependente da realidade.”[1]

Em face da nossa natureza caída e degradada pelo pecado, é mais fácil e mais conveniente buscar o isolamento e o individualismo, mas você deve lutar pela unidade, trabalhar para que ela ocorra, perdoar setenta vezes sete vezes, restituir, se necessário, reconciliar e amar o próximo como ama a si mesmo.

Nem sempre você estará disposto a isso, sua carne lutará contra essa nobre atitude. Enquanto resistir e insistir na divisão e na contenda, todos sofrerão muito. Nosso Pai Celestial não deseja ver seus filhos em confusões, por essa razão, Ele afirma que aquele que ama a paz é feliz: “Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.” (Mateus 5:9).

Em sua carta para a Igreja, Pedro diz que aquele que deseja amar a vida e ver dias felizes deve se empenhar na busca da paz: “Pois quem quer amar a vida e ver dias felizes refreie a língua do mal e evite que os seus lábios falem dolosamente; aparte-se do mal, pratique o que é bom, busque a paz e empenhe-se por alcançá-la.” (1 Pedro 3:10,11).

____
[1] LUTHER KING, Martin. Citations et proverbes célèbres : les plus belles citations de Martin Luther King, Jr. French Edition. Kindle

Cel. Cícero Nunes

Cel. Cícero Nunes

Professor Estudo Bíblico

Cícero Nunes Moreira é casado com Cibele Mattiello da Rocha Moreira. Ordenado ao ministério sacerdotal há vinte e cinco anos, autor e Pastor na Igreja Evangélica Vida com com Cristo e capelão voluntário na Policia Militar de Minas Gerais com atuação, principalmente na Academia de Policia Militar e no Hospital da Policia Militar. Mestre em Ciências da Religião pela PUC Minas e Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva. Autor do Livro Religião e Direitos Humanos na Policia Militar e Segue-me! Conectando-se ao Evangelho de Lucas.

Você também pode gostar…