2
2

TRANSTORNADORES

“O homem de quem tinham saído os demônios rogou-lhe que o deixasse estar com ele; Jesus, porém, o despediu, dizendo: Volta para casa e conta aos teus tudo o que Deus fez por ti. Então, foi ele anunciando por toda a cidade todas as coisas que Jesus lhe tinha feito.” (Lucas 8:38,39).

Bom dia!

Após libertar o endemoninhado e ser expulso de Gerasa, Jesus não permitiu que ele o seguisse, mas o ordenou que fosse sua testemunha e contasse aos da sua casa tudo o que Jesus havia feito. Então, ele foi e anunciou por toda a cidade. Imagine o impacto causado por esse testemunho. O geraseno era uma prova viva do poder de Deus.

Após ressuscitar e aparecer aos discípulos, Jesus lhes deu autoridade para agir em seu nome e ordenou-lhes que fossem a todo o mundo e pregassem o evangelho a toda criatura: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; quem, porém, não crer será condenado. Estes sinais hão de acompanhar aqueles que creem: em meu nome, expelirão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se alguma coisa mortífera beberem, não lhes fará mal; se impuserem as mãos sobre enfermos, eles ficarão curados.” (Marcos 16:15-18).

Ao longo dos séculos, desde que a ordem foi dada, os discípulos de Jesus Cristo seguem a pregar as Boas Novas da salvação, enfrentando a fúria dos inimigos da cruz e transtornando o mundo, como aconteceu quando chegaram a Tessalônica: “Os judeus, porém, movidos de inveja, trazendo consigo alguns homens maus dentre a malandragem, ajuntando a turba, alvoroçaram a cidade e, assaltando a casa de Jasom, procuravam trazê-los para o meio do povo. Porém, não os encontrando, arrastaram Jasom e alguns irmãos perante as autoridades, clamando: Estes que têm transtornado o mundo chegaram também aqui.” (Atos 17:5,6).

Após cerca dois mil anos de pregação do Evangelho, enquanto aguarda o cumprimento da promessa, geração após geração, a Igreja segue a testemunhar o poder de Deus para libertar e salvar a humanidade. E a promessa é essa: Jesus voltará para buscar sua Igreja. Passado todo esse tempo, alguém pode duvidar da promessa de Deus e viver de qualquer maneira. Porém, o preço desta escolha é muito caro. Como está escrito, “O salário do pecado é a morte.” (Romanos 6:23a).

Quando os discípulos perguntaram a Jesus quando seria isto, quando Ele retornaria, Ele lhes respondeu: “Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade.” (Atos 1:7).

“Ditas estas palavras, foi Jesus elevado às alturas, à vista deles, e uma nuvem o encobriu dos seus olhos. E, estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto Jesus subia, eis que dois varões vestidos de branco se puseram ao lado deles e lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir. Atos 1:9-11).

Jesus voltará para buscar sua noiva, mas antes é nosso dever transtornar o mundo! Não devemos viver para agradar os homens, mas para agradar a Deus.

Cel. Cícero Nunes

Cel. Cícero Nunes

Professor Estudo Bíblico

Cícero Nunes Moreira é casado com Cibele Mattiello da Rocha Moreira. Ordenado ao ministério sacerdotal há vinte e cinco anos, autor e Pastor na Igreja Evangélica Vida com com Cristo e capelão voluntário na Policia Militar de Minas Gerais com atuação, principalmente na Academia de Policia Militar e no Hospital da Policia Militar. Mestre em Ciências da Religião pela PUC Minas e Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva. Autor do Livro Religião e Direitos Humanos na Policia Militar e Segue-me! Conectando-se ao Evangelho de Lucas.

Você também pode gostar…