2
2

“Ao qual ele disse: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; mas não quiseram ouvir.” (Isaías 28:12).

Bom dia!

Deus sempre aponta o Caminho, Ele sempre mostra o escape. Por isso, ninguém pode acusá-lo de injustiça, abandono, traição ou infidelidade. Fomos nós que o traímos e abandonamos, quando, livremente, usamos nossa liberdade para desobedecê-lo. Apesar disso, Deus sempre dá o escape.

Quando Israel estava acuado entre o mar e o exército de faraó, em Pi-Hairote, o Anjo de Deus, que ia adiante deles, se retirou e passou para trás deles; também a coluna de nuvem se retirou de diante deles, e se pôs atrás deles (Êxodo 14:19), como um escudo entre Israel e Faraó, impedindo o exército inimigo de se aproximar.

Deus sempre aponta o caminho, Ele sempre oferece o descanso, porém, nem sempre o ouvimos. É possível que alguém pense que as promessas de Deus eram específicas para aquele povo e para aquele tempo e, assim, não creia, nem desfrute do escape e do descanso. Deus, porém, sempre aponta o caminho e sempre oferece o descanso.

Após um dia, uma semana ou um período agitado, em muitas ocupações e atividades, podemos ficar exaustos, mas não apenas fisicamente. Em algumas situações, podemos escolher não oferecer descanso para nosso corpo e continuar a trabalhar até o limite de nossas forças.

Infelizmente, algumas tragédias acontecem por causa disso. Motoristas insistem em dirigir acreditando que conseguirão chegar, até que o corpo, simplesmente, entra em colapso de sono e apaga.

É bom saber que não ficamos exaustos apenas fisicamente, ficamos exaustos emocionalmente e espiritualmente. A verdade é que não é somente o corpo que exige o cuidado do descanso. Nós até sabemos disso, mas, às vezes, somos negligentes.

Um pouco de sono produz maravilhas no corpo, por isso, quando trabalhava no serviço ativo da polícia, todos os dias programava o relógio para dormir quinze minutos na hora do almoço. É impressionante como quinze minutos de sono, uma pequena parada, revigora.

Às vezes, para encontrar a solução de um sério problema, precisamos fazer outra coisa, descansar nossa mente. Estranhamente, quando paramos de pensar naquele problema e descansamos fazendo outra coisa, a solução, simplesmente, surge em nossa mente e você diz: “Já sei o que fazer.”

Por meio do profeta Isaías, Deus nos diz que há um cansaço espiritual que nos afeta e, por isso, precisamos do refrigério e do descanso que somente Ele pode nos dar: “Por isso Ele diz: Este é o descanso, dai descanso ao cansado; e este é o refrigério; mas não quiseram ouvir.” (Isaías 28:12).

Com um pouco de inteligência, podemos, facilmente, concluir que o corpo e a mente precisam de descanso. Se insistimos em não atender essa necessidade, adoecemos. Porém, nem sempre percebemos ou admitimos que há um cansaço espiritual. Achamos que isso é dispensável, que é bobagem e seguimos em frente até entrarmos em colapso espiritual.

Aquele que nos criou e conhece perfeitamente bem, por saber todas essas coisas, nos chama para descansar e nosso descanso é Ele: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve.” (Mateus 11:28-30).

Cel. Cícero Nunes

Cel. Cícero Nunes

Professor Estudo Bíblico

Cícero Nunes Moreira é casado com Cibele Mattiello da Rocha Moreira. Ordenado ao ministério sacerdotal há vinte e cinco anos, autor e Pastor na Igreja Evangélica Vida com com Cristo e capelão voluntário na Policia Militar de Minas Gerais com atuação, principalmente na Academia de Policia Militar e no Hospital da Policia Militar. Mestre em Ciências da Religião pela PUC Minas e Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva. Autor do Livro Religião e Direitos Humanos na Policia Militar e Segue-me! Conectando-se ao Evangelho de Lucas.

Você também pode gostar…