2
2

“A fim de que, da presença do Senhor, venham tempos de refrigério, e que envie ele o Cristo, que já vos foi designado, Jesus.” (Atos 3:20).

Bom dia!

Aprendi, passando por muitas coisas na vida e no trabalho, em situações reais e de treinamento, que o ser humano se adapta a qualquer situação. Penso que essa nossa capacidade de adaptação é uma característica necessária para a sobrevivência. Infelizmente, nos conformamos não apenas com as coisas boas e que fazem bem, também nos acostumamos às coisas ruins e que nos fazem mal, vivendo em ambientes nocivos “de maneira natural”.

Não é difícil observar, hoje e na história, pessoas e povos a viver “normalmente” em condições extremas de violência, insalubridade e carência. Talvez seja mais fácil e comum observar pessoas a viver no crime, enganando, mentindo, adulterando e praticando todo tipo de desvio como se fosse normal. Pessoas que sabem distinguir o certo do errado, porém escolheram o errado.

Andrew Fuller (1754 – 1815), pastor, apologista e promotor do trabalho missionário inglês, certa vez, em viagem com dois jovens, estava profundamente perturbado com suas conversas profanas. Após algum tempo, um dos jovens, observando sua seriedade, se dirigiu a ele com ar de impertinência, e perguntou-lhe, em linguagem indelicada e vulgar, se, após sua chegada em Portsmouth, ele não deveria ser mais indulgente consigo, do mesmo modo que eles pretendiam fazer. Fuller, olhou diretamente para o jovem e disse-lhe: “Senhor, eu temo a Deus.” Quase nenhuma palavra foi pronunciada o resto da viagem.

Muitas pessoas não estão cansadas deste mundo. Ao contrário, como um rato vive perfeitamente adaptado no esgoto, elas vivem, perfeitamente, nas trevas e na sujeira. Por outro lado, existem aqueles que não se conformam, que não se adaptam às trevas e que sofrem, cansados do mal e da maldade.

Há pessoas que gemem, clamam por descanso e suplicam alívio e libertação. Não amam este mundo cheio de maldade e aguardam, ansiosamente, sua redenção. Quando olhamos, com mais atenção, a mensagem do Evangelho, encontramos, justamente, a oferta da redenção, de alívio e de descanso.

O que Deus nos propõe e nos oferece, por amor, é aliviar a nossa carga e mudar o governo sobre nós: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.” (Mateus 11:28,29).

Após deixar claro para seus ouvintes e leitores que somos todos pecadores e culpados, Pedro nos chama ao arrependimento e à volta para a casa do Pai, a fim de que venham sobre nós tempos de refrigério.

Alguns buscam alívio em um refrigerante gelado, outros, em uma cerveja na temperatura ideal. Há aqueles buscam a paz no trabalho e na acumulação e existem alguns, talvez muitos, que não se importam, quanto pior melhor.

A paz do mundo é uma miragem, quanto mais você anda na direção dela, mais ela te ilude e se afasta, por isso Jesus, o Príncipe da Paz, nos oferece a paz real que tanto precisamos: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” (João 14:27).

Se você é contado entre aqueles que estão sofrendo, cansados e sobrecarregados, está inconformado com o sistema deste mundo e anseia por refrigério e descanso, Pedro revela o que fazer: arrepender-se e voltar para sua casa.

REFERÊNCIA

PROSISE, Ron. Preaching illustrations from church history. Kindle Edition, 2016.

Cel. Cícero Nunes

Cel. Cícero Nunes

Professor Estudo Bíblico

Cícero Nunes Moreira é casado com Cibele Mattiello da Rocha Moreira. Ordenado ao ministério sacerdotal há vinte e cinco anos, autor e Pastor na Igreja Evangélica Vida com com Cristo e capelão voluntário na Policia Militar de Minas Gerais com atuação, principalmente na Academia de Policia Militar e no Hospital da Policia Militar. Mestre em Ciências da Religião pela PUC Minas e Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva. Autor do Livro Religião e Direitos Humanos na Policia Militar e Segue-me! Conectando-se ao Evangelho de Lucas.

Cel. Cícero Nunes

Cel. Cícero Nunes

Professor Estudo Bíblico

Cícero Nunes Moreira é casado com Cibele Mattiello da Rocha Moreira. Ordenado ao ministério sacerdotal há vinte e cinco anos, autor e Pastor na Igreja Evangélica Vida com com Cristo e capelão voluntário na Policia Militar de Minas Gerais com atuação, principalmente na Academia de Policia Militar e no Hospital da Policia Militar. Mestre em Ciências da Religião pela PUC Minas e Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva. Autor do Livro Religião e Direitos Humanos na Policia Militar e Segue-me! Conectando-se ao Evangelho de Lucas.

Você também pode gostar…