2
2

PECADO E MISÉRIA

“Como está escrito: Não há justo, nem um sequer, não há quem entenda, não há quem busque a Deus; todos se extraviaram, à uma se fizeram inúteis; não há quem faça o bem, não há nem um sequer. A garganta deles é sepulcro aberto; com a língua, urdem engano, veneno de víbora está nos seus lábios, a boca, eles a têm cheia de maldição e de amargura; são os seus pés velozes para derramar sangue, nos seus caminhos, há destruição e miséria; desconheceram o caminho da paz. Não há temor de Deus diante de seus olhos.” (Romanos 3:10-18).

Bom dia!

Certa vez, há alguns anos, estava compartilhando o Evangelho com um amigo muito querido. Após me ouvir por um tempo, ele me disse: “Eu sou uma pessoa boa, Cícero, sou honesto, sou fiel a minha esposa, cumpro minhas obrigações e não desejo o mal para ninguém.” Talvez você pense de modo semelhante. Se for esse o caso, o que você está a dizer é que não precisa de um Salvador, que Jesus não morreu por você. Certo jovem abordou Jesus e perguntou-lhe: “Bom Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Respondeu-lhe Jesus: Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão um, que é Deus.” (Marcos 10:17,18).

Diferentemente do meu amigo e do jovem que abordou Jesus, Adão e Eva foram criados em um estado de santidade, justiça e glória. Foram criados por Deus, para sua glória e deleite, e viviam em constante comunhão com o Pai Celestial, em um estado de bem-aventurança, sem a contaminação do pecado. Se nossos primeiros pais não tivessem caído, seus filhos nasceriam em um estado de santidade, justiça e glória, seriam semelhantes a seus pais.

Reunida em Westminster, a Assembleia perguntou-se: “Qual foi o estado que a queda reduziu o gênero humano?” Após examinar a Escritura, responderam: “A queda reduziu o gênero humano a um estado de pecado e miséria.”[1]

Infelizmente, homem e mulher caíram em pecado, perderam seu estado de santidade, justiça e glória e transmitiram seu novo estado degradado para toda sua geração. Como sabemos, os teólogos se referem a isso como Federalismo. Isso significa dizer que Adão era o cabeça federal da humanidade e, como seu representante máximo, passou a todos sua nova condição. O propósito de Deus era que o santo Adão transmitisse santidade para seus filhos. Em razão do pecado, entretanto, o pecador Adão, destituído da glória de Deus, passou a transmitir sua nova condição para seus filhos, pecador gerando pecadores.

Para ficar bem claro, todos os descendentes de Adão foram gerados em pecado, nascemos em pecado, somos pecadores e miseráveis. Por essa razão, Davi disse: “Eu nasci na iniquidade, e em pecado me concebeu minha mãe.” (Salmos 51:5). A Bíblia assegura que nenhum descendente de Adão, nascido por geração ordinária, pode ter outra, senão uma natureza corrompida pelo pecado. Como lemos no livro de Jó, “Quem pode extrair pureza de algo impuro? Ninguém!” […] “Como, pois, seria justo o homem perante Deus, e como seria puro aquele que nasce de mulher?” (Jó 14:4; 25:4).

Ao escrever sobre isso, Paulo disse: “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram […] Sei que nada de bom habita em mim.” (Romanos 5:12; 7:18). Eis porque Jeremias disse: ‘O coração é mais enganoso que qualquer outra coisa e sua doença é incurável. Quem é capaz de compreendê-lo?’ (Jeremias 17:9).”

Segundo Grudem[2] (2018), cada segmento de nosso ser foi afetado pelo pecado: “Nosso intelecto, nossas emoções, nossos desejos, nossos corações, nossos objetivos, nossos motivos e até mesmo nosso corpo físico” foi afetado pelo pecado e não somos capazes, por nossas próprias mãos, de mudar essa condição. Precisamos de alguém que nos salve, precisamos do Salvador, caso contrário, resta-nos pagar o preço do pecado, “porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor.” (Romanos 6:23).

_____

[1] PERGUNTA 17: Qual foi o estado que a queda reduziu o gênero humano? RESPOSTA: A queda reduziu o gênero humano a um estado de pecado e miséria.
[2] GRUDEM, Wayne. Bases da fé cristã: 20 fundamentos que todo cristão precisa entender. Rio de Janeiro: Thomas Nelson Brasil, 2018.

Cel. Cícero Nunes

Cel. Cícero Nunes

Professor Estudo Bíblico

Cícero Nunes Moreira é casado com Cibele Mattiello da Rocha Moreira. Ordenado ao ministério sacerdotal há vinte e cinco anos, autor e Pastor na Igreja Evangélica Vida com com Cristo e capelão voluntário na Policia Militar de Minas Gerais com atuação, principalmente na Academia de Policia Militar e no Hospital da Policia Militar. Mestre em Ciências da Religião pela PUC Minas e Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva. Autor do Livro Religião e Direitos Humanos na Policia Militar e Segue-me! Conectando-se ao Evangelho de Lucas.

Você também pode gostar…