2
2

JESUS E AS MULHERES

“Aconteceu, depois disto, que andava Jesus de cidade em cidade e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus, e os doze iam com ele, e também algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e de enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demônios; e Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, Suzana e muitas outras, as quais lhe prestavam assistência com os seus bens.” (Lucas 8:1-3).

Bom dia!

Durante três anos, o ministério de Jesus foi desenvolvido de modo intenso e incluía ensinar nas sinagogas, pregar o Evangelho do reino e curar toda sorte de doenças e enfermidades: “Percorria Jesus toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, pregando o evangelho do reino e curando toda sorte de doenças e enfermidades entre o povo.” (Mateus 4:23). Nosso Senhor não parava. Quando os discípulos iam descansar, Ele ia orar, quando pensavam que descansava, Ele estava a cuidar de alguém.

Jesus não viajava sozinho. Era acompanhado por seus discípulos, que incluíam outras pessoas além dos apóstolos. Como todos sabemos, viagens, alimentação e hospedagens têm custo. Como sabemos, Jesus não era rico, não tinha ações na bolsa, nem recebia aluguéis. Paulo nos lembra que nosso Senhor Jesus Cristo, sendo rico, se fez pobre por amor a nós, para que, pela sua pobreza, nos tornássemos ricos. (2 Coríntios 8:9).

De onde saíam os recursos para custear tudo isso? Para realizar seu propósito, Lucas nos informa que Jesus era ajudado por mulheres que lhe assistiam com seus bens. Jesus se relacionava com as mulheres de maneira diferente dos homens do seu tempo. Em uma sociedade patriarcal na qual os rabinos recusavam-se a ensinar as mulheres e onde elas eram tratadas como inferiores, Jesus as curou, passou tempo lhes ensinando, as admitiu à comunhão e aceitava sua ajuda.

Não é sem razão que, entre os inimigos de Jesus não havia sequer uma mulher. Elas não traíram, nem abandonaram Jesus. Na crucificação, no sepultamento e no cuidado com o corpo elas estavam presentes. Sua fidelidade a Jesus pode ser vista por todo o Evangelho.

Jesus não chamou apóstolas para segui-lo, pois, certamente, elas não seriam ouvidas naquele momento. Porém, as mulheres sempre deram um jeito de estarem por perto, aprender com Jesus e ajudá-lo. Talvez por tudo isso, a honra de ser a primeira testemunha da ressurreição do Senhor tenha sido dada a uma mulher!

Cel. Cícero Nunes

Cel. Cícero Nunes

Professor Estudo Bíblico

Cícero Nunes Moreira é casado com Cibele Mattiello da Rocha Moreira. Ordenado ao ministério sacerdotal há vinte e cinco anos, autor e Pastor na Igreja Evangélica Vida com com Cristo e capelão voluntário na Policia Militar de Minas Gerais com atuação, principalmente na Academia de Policia Militar e no Hospital da Policia Militar. Mestre em Ciências da Religião pela PUC Minas e Coronel do Quadro de Oficiais da Reserva. Autor do Livro Religião e Direitos Humanos na Policia Militar e Segue-me! Conectando-se ao Evangelho de Lucas.

Você também pode gostar…